segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Hormônio do Crescimento


HORMÔNIO DO CRESCIMENTO

O hormônio do crescimento (GH), também denominado hormônio somatotrópico (SH), ou somatotrofina, é uma pequena molécula protéica com 191 aminoácidos numa só cadeia, com peso molecular de 22.005. Promove o crescimento de quase todos os tecidos do organismo que têm capacidade de crescer. Atua também no sentido de aumentar o tamanho das células e o número de mitoses, com formação de número aumentado de células; além disso, está envolvido na diferenciação específica de certos tipos de células, como as células de crescimento ósseo e as células musculares no estágio inicial da maturação.

EFEITOS METABÓLICOS DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO

Além de seu efeito geral sobre a estimulação do crescimento, o hormônio do crescimento também exerce numerosos efeitos metabólicos específicos, incluindo, em particular, (1) aumento da velocidade da síntese protéica em todas as células do organismo; (2) maior mobilização dos ácidos graxos do tecido adipose e aumento da utilização dos ácidos graxos para produção de energia; e (3) redução da velocidade de utilização da glicose em todo o organismo.

Assim, portanto, o hormônio do crescimento aumenta as proteínas corporais, utiliza as reservas de gordura e conserva os carboidratos.

EFEITOS METABÓLICOS DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO

1. Aumento do transporte de aminoácidos através das membranas celulares. Há um aumento da maioria dos aminoácidos através da membrana celular para o interior da Célula. Esse transporte se assemelha ao efeito da insulina.

2. Aumento da tradução do RNA para promover a síntese de proteínas pelos ribossomos.

3. Aumento da transcrição nuclear do DNA para formar RNA

4. Diminuição do catabolismo das proteínas e aminoácidos.

EFEITO SOBRE O AUMENTO DE UTILIZAÇÃO DA GORDURA PARA ENERGIA

O hormônio do crescimento possui o efeito específico de induzir a liberação de ácidos graxos do tecido adiposo, com o conseqüente aumento da concentração de ácidos graxos nos líquidos corporais. Além disso, nos tecidos de todo o organismo, ele aumenta a conversão de ácidos graxos em acetil coenzima A (acetil-CoA), que é posteriormente utilizada para a produção de energia. Por conseguinte, sob a influência do hormônio do crescimento, a gordura é utilizada em lugar dos carboidratos e das proteínas para o suprimento de energia.

EFEITO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO SOBRE O METABOLISMO DO CARBOIDRATOS

1. Redução da utilização de glicose para energia. O mecanismo exato do impedimento da utilização da glicose ainda é incerto, mas a aposta dos pesquisadores se dá entorno do metabolismo dos ácidos graxos, e a liberação de acetil-CoA.2

2. Aumento da deposição de glicogênio. Isso se dá principalmente pela redução da utilização da glicose.

3. Capitação diminuída de glicose pelas células e aumento de glicemia. Esse efeito entretanto só dura de 30 a 60 minutos

4. Aumento da secreção de insulina. Esse efeito também chamado de efeito diabetogênico do hormônio do crescimento.

ESTIMULAÇÃO DO CRESCIMENTO DA CARTILAGEM E DO OSSO

O efeito mais evidente da somatotrofina consiste em promover o crescimento do esqueleto. Essa ação decorre de múltiplos efeitos do hormônio do crescimento sobre o osso, incluindo aumento da deposição de proteína pelas células condrocíticas e osteogênicas que promovem o crescimento do osso, aumento da velocidade de reprodução dessas células, e efeito especifico de converter condrócitos em osteogênicas, causando, assim, deposição específica de novo osso.

REGULAÇÃO DA SECREÇÃO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO

Durante muitos anos, acreditou-se que o hormônio do cresci- mento era secretado principalmente durante o período de cresci- mento do indivíduo, desaparecendo do sangue na adolescência. Todavia, ficou comprovado que isso não ocorre na prática, visto que, depois da adolescência, a secreção do hormônio diminui apenas lentamente com a idade, caindo, por fim, para cerca de 25% do nível da adolescência nas idades muito avançadas.

A velocidade de secreção do hormônio de crescimento au- menta e diminui em questão de minutos, como ilustra abaixo, algumas vezes por razões que ainda não estão totalmente elucidadas, mas, outras vezes, em relação bem definida como estado de nutrição do indivíduo ou com o estresse, como, por exemplo, durante (1) a inanição, (2) a hipoglicemia ou presença de baixas concentrações de ácidos graxos no sangue, (3) exercício, (4) excitação, (5) traumatismo. Além disso, sua concentração aumenta tipicamente durante as primeiras 2 horas de sono profundo, conforme ilustrado.


Fonte: Tratado sobre fisiologia médica, Guyton & Hall, 11ed.



7 comentários:

  1. com quantos anos podemos tomas esse medicamento?

    ResponderExcluir
  2. como faço para comprar esse hormônio do cresciomento ( gh )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não é possível comprar na farmácia, apenas com prescrição médica e uma rigorosa burocracia que verifica todos os documentos antes de liberar a compra. O preço é alto, cerca de 100 reais a unidade de 4UI que serve geralmente para um dia de uso. Outra opção é receber o medicamento através do SUS, mas o processo de liberação dura cerca de 3 meses, dependendo do estado.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Tem como comprar esse homônimo em farmácia? Uma pessoa com 19 anos ainda adiantar tomar ? Quantos centímetros eu posso crescer? Quanto eu tenho wue tomar?

    ResponderExcluir